ILHA DE SANTO ANTÃO - CABO VERDE


BE N V I ND O!


Mapa de Santo Anão A ilha de Santo Anão foi descoberta mais ou menos entre os anos de 1460 ou 1462, mas só veio a ser povoada nos anos de 1548, com gentes da Guine e mais tarde com gentes de outras partes.
Actualmente tem uma população de menos 48000 pessoas, tem uma área de 779 km2, e fica no lado Barlavento a noroeste. É de origem vulcanica, e é a segunda maior das ilhas de Cabo Verde, e a terceira em população, tem uma extensão longitudinal de aproximadamende 40km e de 20 km de largura. Tem as seguintes coordenadas no Globo terrestre: Latitude 16° 54' N e 17° 11' N Longitude 24° 58' W e 25° 21' W.
Das ilhas de Cabo Verde, Santo Anão é a mais occidental e a mais afastada do continente africano;, o ponto mais alto mede cerca de 1979m e chama-se Topo da Coroa.
Santo Anão está dividida em três concelhos – Paul, Porto Novo e Ribeira Grande – tem sete freguesias – Nossa Senhora do Rosário, Nossa Senhora do Livramento, Santo Crucifixo, São Pedro Apóstolo, Santo António das Pombas, São João Baptista e Santo André.

Apesar do seu relevo Santo Anão tem um solo apropiaddo para muitas culturas, tais como: cana-de-açúcar, inhame, mandioca, banana, manga e milho etc. Aguardente ou Grogue é uma das principais produções da ilha . Também a pesca tem um papel relevante na economia desta ilha, bem como o turismo que está cada vez mais evidenciando.
Esta bela ilha, ficou célebre nos anais da História, porque foi escolhida no famoso Tratado de Tordesilhas entre os Portugueses e Espanhois, para servir de partida de uma linha de demarcaçã que devidia as terras conquistadas ou tomadas a força das armas no periodo das descobertas. Essse Tratado foi assinado pelo Papa Alexandre VI em 1493.
Bem como todas as ilhas de Cabo Verde antes da independencia do jugo colonial, esta ilha também teve periodos de muitos sofrimetos, fomes, doenças, grandes secas, injustiça humana, ataques de piratas etc. Mas mesmo assim o povo aguentou e esperou até atingir sua emancipação; e agora com mais esperança no futuro.


uma ribeira com agua Talvez desde a formação ou criação das Ilhas de Cabo Verde, embora seja irregular mas todos os anos as chuvam não deixaram de cair, seja como for, muita quantidade de agua foi e estáa se despejando no mar atravéz das ribeiras e douta maneira
O Caboverdiano sempre sonhou na alguma maneira de travar esse desperdicio desse indespensavel liquido. A ilha de Santo Antáo como as outras ilhas, tem muitas elevaçãoes fazendo com que a agua da chuva corre facilmente levando para o mar tudo o que encontra no seu caminho, empobrecendo ainda mais o solo cultivável.
Na época moderna que vivemos, é bom pensar mais nas barragens, que podem solucionar um pouco esse grande dilema em Cabo Verde.
Falando nisso, vem a memoria a bonita e sentimental morna que diz: “Se tchuba ca bem, morré di sedi, e se tchuba bem, morré fogado”.Mas embora essa morna é linda mesma, já a letra, se quizermos, pode não ser verdadeira e segnificante, como antes.



Homem calcetando estradaEssa bonita e singular foto, mostra um homem pondo a sua sabedoria em pragrave;tica no calcetamento de estrada, pode aparecer simples e fagrave;cil, mas se não for executado bem, em pouco tempo, esse mesmo local será um perigo no deslocamento de viaturas e pessoas.
Para ter mais desnvolvimento há que criar estruturas, por exémplo, ter boas estradas para circulação de viaturas encurtando assim a distancia e o tempo dum ponto de partitda a outro ponto que se quer chegar, permitindo assim movimento mais rápido de pessoas, e escoamentos de produtos que são necessários para o sustento das gentes e desenvolvimento.
Históricamente a ilha de Santo Antão sempre teve problemas rodoviarios ou de estradas por causa dos grandes rochedos ou rochas que constitui sua formação. Muitas pessoas dizem que não há muito tempo atraz, havia zonas de tão difíceis acessos que para se deslocar de um lado para outro, as pessoas eram ou usavam balaios ou algo do genero suspendidas ou penduradas com cordas desde cima para baixo ou vice-versa que eram puxados por pessoas a fim de passar para o outro lado.



Uma vivenda Embora a ilha de Santo Antão tem muitas montanhas e montes que fazem parte da sua formaçãoo, quando vista do mar tem uma visão espetacular, com um panorama quase impar em relação as outras ilhas irmãs.
Além de sua origem vulcanica, essa ilha tem um aspecto espectacular de aparencia natural para quem sabe apreciar a obra de natureza. Tem gentes inteligentes, amáveis e trabalhadoras, e que sabem apreciar um bom "grogue" e que alguns dizem é a melhor que se produz em Cabo Verde
Entre essas rochas gigantes da natureza, a capacidade e a vontade do homem ou a mulher dessa ilha, transformaram ou derrubaram obstáculos, fazendo assim prevalecer o desejo e a vontade de habitar nessas paragens, construindo casas ou vivendas modernas ou de estilo um pouco do passado.
A foto ao lado mostra uma dessas ricas e bonitas vivendas com paisagens agradáveis, com um clima saudável e tropical, num lugar que dantes concerteza era de dificil acesso, mas mesmo assim foi possivel estabelecer um lar para a familia ou amigo/as ou alguem outra pessoa.


Uma familia amáiga e unidaEm quaisquer sociedade ou pais do mundo haverá sempre disparidade económica á entre camadas que compõem essas sociedades ou países. Há muitos fáctores ou razões que leva isso a acontecer, ás vezes uma economia práecaria, as vezes decisões governanmentais incorrectas, e ás vezes problemas individuais que se manifestam de diferentes maneiras contribuindo para que haja um fosso entre as chamadas classes sociais.
A fotografia ao lado está totalmente em contraste com a outra anterior. Nessa foto ao lado, aparece uma imagem duma familia unida, amável e pobre da ilha de Santo Antão em Cabo Verde, e na outra citada mais acima, mostra uma vivenda de aspecto apreciada e rica .
Sempre vai haver diferenças, mas as diferenças ou desigualdades não devem ser factores ou desculpas para que haja um grande desfazamento social em quaisquer sociedade ou país.
Em Cabo Verde deve se preocupar mais com as classes ditas desprotegidads e fazer com que haja um melhor equilibrium.


Gentes conversando sobre o marA Ilha de Santo Antão e todas as ilhas de Cabo Verde sao naturalmente cercadas pelo mar, com aguas mornas e rica de viventes marinhos, o que mostra as potencialidades que as essas ilhas tem para o melhoramento do nível de vida das gentes que querem trabalhar. Mas para isso, deve ter mais planeamento, incentivação, e apoio.
Nessa foto que se ve ao lado, as pessoas estão conversando ou planeando talvéz de como tirar mais proveito da rica costa marinha. Há um dito que diz:
”Tudo que é tchéu podé caba um dia”. Um dito popular bem sabio. Durante longos anos, os mares de Cabo Verde foram explorados e maltratados de muitas maneiras por estrangeiros que so cuidavam dos seus interesss pessoais.
As classes marinhas devem ser bem protegidas, porque se não for assim, no futuro haverá inbalance entre elas e desaparecerão.


Quinquim. Verão 2007, Randolph, usa
Inicio-Home