ILHA DE SÃO VICENTE - CABO VERDE

Amostra de Sao Vicente></center>
  <center><font color=

SAO VICENTE ISLAND - ILHA DE SAO VICENTE

BE N V I ND O!

Mapa da ilha de Sao Vicnte São Vicente a última ilha a ser povoada e agora uma das mais importantes ilhas de Cabo Verde. Tem como capital a histórica, bonita e cosmopolita cidade de Mindelo .
A ilha de São Vicente fica no lado Barlavento e tem as seguintes coordenadas: 16° 36' N e 16º 55' N 24° 34' W e 25º 04' W.
Fica a curta distancia da famosa ilha de Santo Antão, e tem uma população de menos de setenta e cinco mil habitantes das quais cerca de sessenta e tal mil vivem na cidade do Mindelo.

O ponto mais alto da ilha chama se Monte Verde, tem uma elevação de 725m (2,379 ft) e é o unico municipio em Cabo Verde que tem o mesmo nome da ilha, ou seja São Vicente. Nossa Senhora da Luz é sua padroeira, celebra-se a vinte e dois de Janeiro.
A ilha está dividida nas seguintes localidades: a cidade do Mindelo, Lameirão, Ribeira Julião, Ribeira da Vinha, Ribeira de Calhau, Salamansa, e São Pedro.
O concelho de São Vicente tambem engloba a visinha e desabitada ilha de Santa Luzia.
São Vicente antes pertencia ao concelho de Santo Antao, foi desanexada dele em Março de 1852.
Possivelmente essa ilha que tem como capital a cidade do Mindelo, foi descoberta nos anos de 1462 por Diogo Gomes e companheiros de viagem ao serviço do rei de Portugal.
Antes do seu povoamento a ilha de São Vicente servia se de campos de pastangens para alguns agricultores ou proprientarios das vizinhas outras ilhas de Santo Antão e São Nicolau.
Não foi fácil criar uma povoação na pérola do Atlantico, como alguns dizem referindo a essa ilha do Barlavento; houve várias tentativas no princípio que resultaram infrutíferas. A primeira tentativa foi em 1795-1797 com gentes da ilha do Fogo, trouxeram vinte casais e cinquenta escravos, mas devido a constrangimentos de varias ordens, como pricipalmente falta de chuva, o resultado foi totalmente negativo.

Uma imagem de San Vicente Houve uma outra experimentação de povoar a ilha com cinquenta e seis casais trazidas da vizinha ilha de Santo Antão em 1819, dessa tentativa, depois de poucos anos ou seja no ano de 1821 a ilha tinha cerca de 295 pessoas. Curiosamente nomearam a povoação de Leopoldina.
Uma vez mais o desejo de povoar não resultou bem, houve uma terrível fome nos anos de 1831-1832 em Cabo Verde e consequentemente acabou com a esperança dessa vez do progecto de povoação de São Vicente.
Mas a despeito das desastrosas tentativas, uma vez mais tentaram e desta feita os santos oraram, e assim deu se o início difinitivo do povoamento de São Vicente.

A história conta que em 1861 houve um surto de febre-amarela na ilha que matou muitas vidas e reduziu a população a quase metade. Mas mesmo assim, a parte que ficou, aguentou, sofreu, e aumentou, e na actualidade, tem esperanças de que continuará o seu progresso e das suas gentes gentes, que muitos dizem é o povo mais livre, feliz, e desinteressado de Cabo Verde, expressando no seu dizer popular de: ”Nós vida é ganhá e vivé, sem pensá na dia di manhã”.


Mindelo de noite Ao lado pode ver uma espectacular e rara foto, mostrando luzes de Mindelo a noite, uma cidade bem cosmopolita e boemia que praticamente nao dorme.
O nome Mindelo, veio de uma região em Portugal que também tinha o nome de Mindelo.
Cidade de Mindelo, apesar de que no início da sua fundação apanhou periodos defíceis, mas mesmo assim, aguentou conseguiu desenvolver ou progredir até vir a ocupar um lugar de destaque entre as outras cidades das ilhas do Arquipélago de Cabo Verde. Ela é e foi, uma cidade cultural e histórica de onde formaram homens ou mulheres capacitado/as que engrendeceram a nação Caboverdiana.

Vista aerea parcial do Mindelo Foi na cidade de Mindelo, mais precisamente na Baía do mesmo nome que em Abril de 1992 desembaracaram Gago Goutinho e Secadura Cabral, depois da épica viagem a bordo dum pequeno hidro-avião atravessando ou voando pela primeira vez entre Europa e o Atlántico Sul, fácto que ficou registado nos anais da história.
Pode ver ao lado nessa foto uma visão aérea da cidade de Mindelo e partes limitrofes.
Foi na ilha de São Vicente mais precisamente em Matiota, que em 10 de Março do ano 1874 foi ligado o primeiro cabo submarino entre Cabo Verde, Europa e América, um acontecimento inédito na altura, possibilitando contácto rápido de telefonia ou telegrama entre esses tres continentes, Africa, Europa, e América
Tudo leva a crer que a ilha de São Vicente continuará crescendo socialmente e economicamente, desde que haja mais atenção à ilha e que a união seja cada vez mais forte.



Uma mulher mormanssando na praia A foto mostra uma bonita e limpa praia na ilha de São Vicente entre algumas outras que existem nessa ilha. Os Sanvicentinos dedicam algum tempo banhando, divertindo ou descansando nessas praias de águas límpidas, cristalinas e mornas.
Não é de estranhar, porque grande parte da sua história está relacionada com essas aguas ou mares que por bem ou mal, continuam banhando as costas dessa ilha de Barlavento onde os ventos sopram com algum calor e com mais intensidade, dando ainda mais vontade ou prazer para um suave mergulho.
As praias devem ser protegidas e há que ter sempre em conta que um bom meio ambiente faz parte do bem estar social e economico, e se não for cuidada poderá vir a ter condições nefastas para a saúde pública.



Porto Grande São Vicente No lado direito do seu ecran está uma foto mostrando parcialmente as instalações do Porto Grande de São Vicente.
Falar da ilha de São Vicente e não mencionar o Porto Grande, seria talvéz pecado, e para não apanhar essa culpa, “se de fácto ela existe” verdade seja dita, que para as gentes de São Vicente e outras ilhas, esse lugar chamado Porto Grande, para bem ou para o mal, salvou muitas vidas dando o ganha pão para muita gente, mas também ceifou algumas vidas não proporcionando trabalho às pessoas ou se havia trabalho as condições eram degradantes.
Talvéz se melhor atenção tinha sido dada na altura própria, o Porto Grande de São Vicente poderia ser ainda mais grande e mais lucrativa se se tivesse uma restruturação melhor e antecipar a competição que veio mesmo a prejudicar e quase a paralizar esse grande ganha pão da ilha.
Só para questão de exémplo, em 1875 Mindelo e o seu Porto Grande era considerado o maior e mais principal porto carvoeiro do Atlántico. Mas infelizmente não conseguiu aguentar a competição. Talvéz no futuro poderá vir a ocupar um lugar melhor e de destaque.



Mapa da ilha do Fogo Foto de um grupo carnavalesco em São Vicente, assim mostra a figura ao lado.
Como também n;ão podia deixar de ser, tem que se mencionar o Carnaval. A magia dessa arte é transcontinental, e pode ser mesma até terapeutica, se quizer.
Em nenhum outro lugar das ilhas de Cabo Verde o carnaval é celebrado mais do que na ilha de São Vicente.
Todos os anos a ilha fica envolvida nesse acontecimento impar que está atraindo cada vez mais público nacional, e da diáspora, para ver o belo e colorido desfile, talvéz contagiante ou extravagante, tipico dos diferentes grupos carnavalescos que animam a ilha de lés a lés, mostrando ou exibindo a cultura duma maneira impar, deixando as pessoas com desejos ou saudades de voltar outra vez.
Com a globalização do mundo as culturas misturam mais rapidamente e quando assim for, a sabura, ou alegria e convivio é mais intensa.


Quinquim. Verão 2007, Randolph, usa
Inicio-Home