CULTURA
SOCIO-CULTURAL


          





         Padre Tetecha, como era popularmente conhecido, faleceu
          no sabado dia 17 de Março de 2007, no hospital da Praia
          depois de uma complicada cirurgia numa perna a que foi
          submedito, motivada por uma  doença que havia padecido
          desde já algum tempo, mas mesmo com essa anomalia, o
          Padre Paulino continuou a sua carreira evangelica nao
          dando nunca amostras de desanimo.

          Oriundo da Ilha Brava Padre Paulino foi ordenado padre na Ordem dos
Capuchinhos em 1973 pelo extinto Bispo de Cabo Verde Dom Jose Colaço. Trabalhou
em muitas ilhas de Cabo Verde sempre com o seu caracteristico style: entender, explicar
e aconselhar, deixado todos com uma sensação de alivio e esperança, principalmente
entre os jovens. Tambem o Padre Paulino na diaspora dos USA deu sua contribuição de
Pregador elevando cada vez mais a comunidade Caboverdeana.

Falar duma pessoa assim como o Padre Paulino, para a maioria das gentes não é deficil,
porque ele, toda sua vida, empenhou transmitir ou semear o amor entre todos, tinha um
dom especial de comunicação aberta desinteressada, gostava de conviver, das artes,
desporto, música, literatura enfim de tudo o que é bom, porque viu nisso uma maneira de
ajudar os jovens, e a gente grande, dando o máximo de si mesmo.

Formou se padre quando ainda era jovem portanto entendeu bem a necessidade dessa
classe sem contudo desviar do seu magno sentido de servir a Deus.

Deixou marcas para seguir na comunidade catolica Caboverdeana, como por exemplo de
conjugar o velho e o novo num sentido de concordia, sem esquivar do verdadeiro
sentido da fé cristã.

Pessolmente tive a opurtinidade de conviver e fazer amizade com o Padre Tetecha na
década dos setenta em Sao Filipe, Fogo; por exémplo a dada altura quando
conversavamos sobre diferentes topicos, de vez em quando ele dizia “Oh Nhordez
kumode podi ser” dizia isso quando via algo que nao estava em confirmidade com o
bem. Era um homem que aceitava a critica, e criticava tambem, procurando sempre
filosoficamente, estabelecer o sentido da transparencia ou da verdade.

Seria bom que a sociedade Caboverdeana conjugasse força para estabelecer ou criar
uma organização com fim em vista de manter a filosofia do saudoso Padre Paulino vivo
dando aos jovens opurtunidade de seguir os passos andados pelo Reverendo Frei Padre
Paulino. A todos os irmaos na fe e em especial a familia do Padre Tetecha TOPICOS123
deseja sinceras condolencias.
Leia e veja fotos do Padre Paulino
Quinquim
LEMBRANDO PADRE PAULINO
LEMBRANDO LINDA DE NÉNÉ DI BAÍ DE COVA FIGUEIRA FOGO CABO VERDE

Linda Vovó:

Maria
Daluz Fontes, de Brockton faleceu tranquilamente no dia  20 de  Agosto 2010,  em sua casa cercada pela
família, ela tinha  96 anos dee idade. Conhecida por sua amavel família  como "Vovó Linda",  era a matriarca de
sua adorada e grande família.  Vovó Linda era uma mulher especial  com uma força incrível e muito  amor a vida,
uma devotada esposa , uma mãe dedicada, uma confidente e apaixonada  narradora de inúmeras estorias.

Vovó Linda gostava de enterter a  familia e amigos com histórias de Cabo Verde.
Ela era  muito orgulhosa de sua família e sua história e sentia que   era importante para transmitir às gerações
futuras.

Ela era uma fiel católica  e era conhecida por sua recitação diária do Rosário. Ela gostava de estar rodeada  por
seus 96 descendentes diretos. Tambem gostava de regressar a sua casa  em Cabo Verde de férias, ela nunca
gostou de ficar  longe da sua grande família e da sua amada América por muito tempo. Com   82 anos de idade e
com sua família ao seu lado, ela decidiu se tornar uma cidadã  dos  USA  durante uma cerimônia emocional em
Boston, MA. Seu objetivo principal era ajudar a sua filha mais jovem viúva imigrar para USA com seus três filhos
menores.

A filha do falecido Antonio José Totoy "Daluz e Idalia" Lilia "Veiga Daluz, nasceu na Figueira Pavão, Santa
Catarina, Fogo, Cabo Verde em 8 de Janeiro de 1914. Ela emigrou com a sua família para Brockton, MA, em 30 de
Abril de 1977.  Querida  esposa  de Manuel Gomes Fontes, "Nenê de Bai de Cova Figueira.

Devotada mãe  de Antonio "Cunuta" Fontes e sua esposa Eurides Fontes "Noquinha" de Brockton, e Manuel
"Totinho" Fontes e sua esposa Victoria M. "Toia" Fontes de Brockton, Maria da Graça "Baizinha ou Biu" Fontes
de Brockton, Mama Maria "Fontes dos Passos de Brockton, e Rita (Pepinha) Fontes Lopes, de Brockton.

Querida mãe e avó que deixou 94 descendentes diretos: teve 5 filhos, 28 netos, 56 bisnetos e 5 trinetos, e
também dois irmãos.

Vovó Linda será para sempre lembrada por aqueles que foram abençoados por tê-la tido em suas vidas.
Linda M. Delacth
Brockton MA 02301
21 de Agosto 2010


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vóvó Linda:

Maria  Daluz  Fontes-, of Brockton passed away peacefully on August 20, 2010 at her home surrounded by her
family, she was 96. Known to her loving family as " Vóvó Linda”, she was the adored matriarch of her large family.
Vóvó Linda was an amazing woman with incredible strength and a love of life; a devoted wife; a dedicated
mother; a confidant to countless; and passionate storyteller.

Vóvó Linda enjoyed entertaining family and friends with stories of Cape Verde.
She was very proud of her family and their history and felt that it was important to pass it on to future
generations. She was a faithful catholic and was known for her daily recitation of the Rosary. She enjoyed to be
surrounded by her 96 direct descendants.

Although she enjoyed returning to her home in Cape Verde for vacations, she never liked being away from her
large family and her beloved America for too long. At 82 years old with her family at her side, she decided to
become a U.S Citizen during an emotional ceremony in Boston, MA. Her main goal was to help her youngest
widowed daughter to immigrate to USA with her three minor children.

The daughter of the late Antonio Jose "Totoy" Daluz and Idalia "Lilia" Veiga Daluz, she was born in Figueira
Pavao- Santa Catarina, Fogo, Cabo Verde on January 8, 1914. She immigrated with her family to Brockton, MA in
April 30, 1977. Dearly loved wife for years of Manuel Gomes-Fontes, "Nene de Bai de Cova Figueira”.

Devoted mother of Antonio "Cunuta" Fontes, and her wife Eurides Fontes “Noquinha” of Brockton, and Manuel
"Totinho" Fontes and her wife Victoria M. “Toia” Fontes of Brockton, Maria da Graca "Baizinha or Biu" Fontes of
Brockton, Maria “Mama” dos Passos Fontes of Brockton , and Rita (Pepinha) Fontes-Lopes of Brockton.

Devoted mother and grand-mother who left 94 direct descendants: surviving are 5 children, 28 grandchildren,
56 great-grandchildren, and 5 great great-grandchildren, and also 2 siblings.

Vóvó Linda will be forever missed by those who were blessed to have had her in their lives.
Linda M. Delacth
Brockton MA 02301
21 de Agosto 2010
© www.topicos123.com - Produzido por um grupo de amigos - Envia sua opinião para recado123@hotmail.com ou santacatarinafogo@hotmail.com