ENTREVISTAS
© www.topicos123.com Envia sua opinião para recado123@hotmail.com recado123@hotmail.com ou santacatarinafogo@hotmail.com
Candidato a Deputado Nacional, de Cabo Verde,  Sr. Candido Rodrigues, responde a
comunidade.


 Sr. Candido Rodrigues, podia falar um pouco para a nossa comunidade sobre a sua carreira professional e política?

"Antes de mais aproveito para lhe agradecer pela oportunidade.Sou natural dos Mosteiros Fogo e emigrante nos EUA com residencia na Cidade de
Fall-River Mass. Fui Professor em Cabo Verde ,tendo trabalhado como coordenador pedagogico e tecnico da Divisao de Estudos e Planeamento no
Ministerio da Educacao. Fui Coordenador da DGAEA , representei Cabo Verde em alguns foruns da Educacao Ambiental ,como:  Senegal, Mali e
Mauritania acompanhando o entao coordenador do projecto Victor Borges. Sou Social Worker de Profissao, exercendo as funcoes de terapista
Familiar no Instituto Latino Americano de Saude Publica em 142 Crescent St Brockton Mass. Sou tambem correspondente de varios Jornais online
destacando a prestigiada revista Africanidade em Lisboa, Jornal Expresso das Ilhas, Liberal e FORCV.com. Sou militante do MpD desde 1991 tendo
participado na criacao do nucleo do MpD em Terra Branca e actualmente sou Coordenador do meu partido e cabeca de lista do Mpd pelo circulo
eleitoral das Americas."
                                                                               
 Porque resolveu a candidatar a ser Deputado Nacional para o circulo das Américas?

Fui escolhido na Assembleia realizado em Dezembro pela Comissao Politica e Assembleia Regional e aceitei a aposta depois de ouvir a Comissao
Politica Nacional do MpD em Cabo Verde e o presidente do partido Dr. Carlos Veiga.

 No seu entender  qual é o papel dum Deputado  Nacional?

Para mim o Deputado é o representante do povo, na integração da sociedade; a sua representação tem o caráter de representação nacional
embora estejam presos à sua base de sustentação política.Um deputado e aquele que defende o seu eleitorado e que luta pela verdade e
implementacao das propostas feitas no acto eleitoral e nao um servisal do seu partido.

 Teve algumas dificuldades   para ser escolhido ou elegido a este importante cargo pela comissao politica do MPD?

Em qualquer acto eleitoral existem pros e contra mas no MpD as pessoas sao livres de  apresentarem as sua ideias e nao ha espaco para
imposicoes.Julgo que foi um acto normal e sinto que todos os militantes estao comigo nesta  Jornada da vitoria!

 Quais são as dificuldades ou necessidades que o Sr Candido Rodrigues, veja na comunidade Cabo-verdiana aqui nos EUA, especialmente en
Nova Iglaterra?

Temos uma longa listagem mas posso avancar-lhe com alguns que considero prioritarios:
1- A Ligacao aerea dos Caboverdeanos ao pais( TACV);
2- O cancro das alfandegas;
3-A problematica da deportacao;
4-O apoio e a integracao Social das Familias Caboverdeanas e dos jovens;
5-A aposta nos quadros da Diaspora para a administracao Social; Politica e Economica do pais;
6-Os servicos consulares e as Embaixadas

 Estamos no periodo da campanha política para as legislativas de 6 de Fevereiro, tem algo a dizer sobre o processo de recenseamento que já
findou?

Foi um processo altamente manipulado pelo Consul de Cabo Verde com o proposito de apoiar o seu partido tentou usar todos os meios para evitar o
envolvimentos em massa dos emigrantes. Mesmo assim conseguimos recensear um bom numero de pessoas.

 Se for elegido como pensa representar a comunidade, e quais são os tópicos mais relevantes que vai ter na sua agenda?

Como ja referi anteriormente temos um pacote especificamente para a Diaspora destacando as relclamacoes antigas de todos os emigrantes;
1- A Ligacao aerea dos Caboverdeanos ao pais( TACV);
2- O cancro das alfandegas;
3-A problematica da deportacao;
4-O apoio e a integracao Social das Familias Caboverdeanas e dos jovens;
5-A aposta nos quadros da Diaspora para a administracao Social; Politica e  Economica do pais;
6-Os servicos consulares e as Embaixadas

  A criminalidade é dos fáctores mais relevantes para uma sociedade ou comunidade, quais são as causas ou motivos mais importantes deste
dilema, e o que se pode fazer no seu entender para pôr cobro a isso?

O Factor económico e social, e a falta de Politicas Sociais, a pobreza, a corrupcao politica, o desemprego, a instabilidade da comunidade, o
consumo de drogas e do álcool, a desagregação familiar, o abandono escolar e o desrespeito as normas sociais estão na base da delinquência
juvenil em Cabo Verde. O MpD ira apostar fortemente nas pessoas na proxima legislatura .

 Tendo em vista algumas estatísticas internacionais que   indicam que Cabo Verde avançou em muitas áreas no seu desenvolvimento, como
qualifica o desempenho governamental do actual governo e do seu partido PAICV?

Os dados estatisticos foram fornecidos pelo governo mas na pratica isto nao corresponde a verdade. E so ver o dia dia da populacao
Caboverdeana. Existe uma disigualdade social grande em Cabo Verde e a publicidade enganosa nao podera esconder a miseria e o sofrimento do
povo Caboverdeano.  

 Cabo Verde tem uma situação geográfica privilegiada e uma diáspora quase impar em relação aos outros países, mas tambem, está sendo
aproveitada para transações ilícitas como uma passagem de estupefacientes ilegais, o  que se pode fazer para tirar mais vantagem  disso, e por
outro lado prevenir ou acabar com esta influência negativa deste problema?

O uso e comércio de drogas é uma das maiores mazelas da sociedade Caboverdeana neste momento. O uso gera efeitos motivadores como
coragem e audácia, por exemplo, para a prática de crimes.” mas Cabo Verde e usado como uma placa de transacao e o proximo governo ira
investir fortemente no combate deste grande mal social.Uma sociedade que não trabalha para eliminar as desigualdades sociais, acabará pagando
muito caro pelas conseqüências dessa situação injusta. Aquela roupa da moda, o carro, a casa própria... tão enaltecidos pela propaganda e que
muitos já possuem e usam normalmente, tornam- se bens praticamente proibidos por uma fatia considerável de pessoas da mesma sociedade
que, por diversos motivos, não tem poder de compra. Dessa forma, o cidadão, não tendo possibilidade de obter seus direitos, tenta conseguilos
apelando à violência. O mercado das drogas emprega, atualmente, milhares de crianças e adolescentes, dando, embora de forma imprópria, uma
esperança econômica para eles e para toda a família. É dinheiro fácil que chega ao bolso do traficante através do dependente químico, cliente fiel.

 No continente Africano muitos países amigos de Cabo Verde, estão sofrendo da falta de estabilidade governamental com problemas agudos
sócio-economico, qual é a causa principal de tudo isso e o que é devemos aprender com isso?

Acho que Cabo Verde tem caminhado um pouco melhor do que muitos dos paises da Africa subsariana.A insuficiencia de infraestrutura,
instabilidade governamental, o impacto da Sida na população em idade economicamente ativa  a corrupção. A África é o local ideal para a
proliferação de doenças e instalação de cortiços, tráfico, crime e outros males sociais devido aos governos corruptos. Em muitos países africanos
fica evidente o grande fosso da miséria humana.

 Para terminar,  se o Sr. Candido Rodrigues conseguir ser elegido a Deputado Nacional, como vai considerar esta victoria e o que vai  fazer para
unir a comunidade?

Vai ser uma vitoria do povo Caboverdeano e vou ser um deputado de todos os Caboverdeanos apelando sempre pela defesa dos interesses da
nossa comunidade emigrada.

Obrigado
Joaquim Fontes
www.topicos123.com
15 Dez 2013
Entrevista exclusiva www.topicos123.com

    PERGUNTAS E RESPOSTAS DO DEPUTADO CÂNDIDO RODRIGUES PARA COMUNIDADE

P        Sr. Deputado Cândido Rodrigues, nos últimos tempos, é do conhecimento geral a crispação interna do desenvolvimento político para a liderança
do MPD na região das Américas. Muito tem sido debatido na comunidade sobre a escolha de um Coordenador Regional, para liderar este partido. As
próximas eleições são no dia 8 de Dezembro. Podia explicar para a comunidade o que originou esta frição politica dentro do seu partido?

R        Não houve crispação. Na democracia e normal que apareça várias candidaturas sobretudo num partido democrático como o MPD. O que não é
normal é o uso de métodos poucos pedagogicos sobretudo mentiras e calúnias. Isto já não é aceitavel sobretudo para quem quer coordenar um
partido político.

P        O seu opositor, Sr. Alberto Montrond, e sua equipa política, divulgaram os resultados dumas eleições efectuada antes, que lhes deram
aparentemente e claramente uma victória de mais de cinquenta por cento. Podia explicar como considera estes resultados e quais foram as suas
reações e da sua equipa politica?

R        Nestes dias já ouvimos de tudo. Não sei aonde e como fizeram esta sondagem. isto só pode provar mais uma vez a prática da mentira que os
mentores desta candidatura vem preguando a troco de votos nos incautos. Campanha de barbearia e cafés com falsidades não é benéficio para
ninguém.

P        Qualquer processo democrático, deve ser livre e transparente; nestas eleições de 8 de Dezembro, 2013, somente os militantes do seu partido
MPD, podem votar, qual é o critério ou regras adoptadas para que isto aconteça, sabendo que muitos militantes foram ou estão aparentemente
recrutadas tardiamente?

R        Houve um processo fraudulento para o recenseamento eleitoral e podemos provar de que um dos integrantes da outra lista vem fazendo
recenseamentos a mais de um ano para poder eliminar esta comissão politica. Esta prática colocou em causa o caderno eleitoral dos EUA porque
agora temos até pessoas do PAICV no nosso caderno eleitoral. E a sanha de chegar ao poder a todo custo, mas a culpa é inteiramente do
Administrador geral do MPD na Praia. Ele é cúmplice por tudo o que passou neste processo. Mas já compilamos todas as informações para podermos
reagir nos orgãos internos do partido. Fizemos várias reclamações mais não foram respondidas infelizmente mas vamos procurar outros mecanismos
legais para reclamar esta fraude em grande escala.

P        Na democracia, a acomulação de poderes muitas vezes, pode ser visto negativamente, dependendo das circunstancias politicas. O Sr. Cândido
Rodrigues, como um Deputado do MPD, eleito democraticamente, não acha que pode haver um conflito de interesse que lhe levou a candidatar para
ser também Coordenador Regional do MPD nos EUA, podia explicar melhor para a comunidade o seu parecer sobre isto?

R        Estão a usar esta artimanha para poderem justificar outras coisas. O Dr. Carlos Veiga, foi presidente do partido e também deputado; em Portugal
e em todos os outros circulos os coordenadores foram cabeça de lista e são deputados. Não vejo os motivos de deixar a coordenação porque fui eleito
deputado. Isto é um manifesto grande de ignorancia que não tem cabimento legal.

P        Durante vários anos e apesar de muitos esforços o MPD, não conseguiu eleger um deputado nas regiões das Americas, por fim, graças a um
melhor trabalho e concenso politico, o Sr Cândido Rodrigues, foi elegido ser um representate parlamentar. Como qualifica o seu trabalho político e
comunitário durante este seu mandato e quais foram os resultados?

R        Apesar de exercemos esta função num regime diferente temos tido uma prestação formidável e de equipa. Não recebemos salários e
produzimos muito melhor dos que são profissionais. Estamos orgulhosos por tudo aquilo que temos feito atéeste momento.

P        Alguns militantes e simpatizantes do MPD, consideraram ou consideram que a tensão politica negativa existente dentro do seu partido nesta
regiões, foi desnecessária e que a causa bem pode estar na luta pelo poder ou controle politico. Na sua opinião, o que se podia fazer para que as duas
partes envolvidas evitassem esta rotura política e o que se deve fazer para sarar as feridas?

R        Da minha parte sempre lutei para a unidade do partido. Mas é normal que nestes últimos dias o MPD despertasse interesse de muita gente.
Após o trabalho que fizemos agora todo mundo quer ser coordenador. Se depender de mim a união do MPD é a primeira coisa que faria mas
infelizmente há muita gente que tem outros interesses .

P        Como considera a candidatura, qualificação e imagem politica, do seu oponente Sr. Alberto Montrond, nestas campanhas politicas- eleitorais e, o
que se pode esperar?

R        O candidato nunca foi militante do MPD pelo que não conheco muito as suas qualidades políticas como deve calcular. O que posso dizer-lhe é
muito estranho uma pessoa que gosta de um partido prontificar em ser militante mas com a exigência de ser coordenador. Isto nunca aconteceu em
nenhum partido político sério a nível mundial.   

P        Sr. Cândido Rodrigues, como sabe, o trabalho de um deputado regional é inteirar, propôr, averiguar soluções e também, levar as preocupações
da comunidade para serem discutidas no Parlamento Nacional em Cabo Verde. No seu entender, quais são as maiores dificuldades ou necessidades
da comunidade que representa e o que estã  sendo feito sobretudo sobre a violencia, educação, emigração e deportação em prol dos emigrantes e
também sobre burocracias ainda existentes em Cabo Verde, especialmente nas áreas alfandegárias e outros serviços sociais dentro do país?

R        É do conhecimento público a minha batalha no parlamento. Mas infelmente sou um deputado da oposição e não posso fazer mais do que isto.
Vamos continuar a debater estas questões ate que um dia os nossos governantes tenha melhor consciência sobre a nossa emigração.

P        Voltando outra vez as eleições do próximo domingo dia 8 Dezembro 2013, o seu oponente Sr. Alberto Montrond, durante todo o periodo fala de
mundanças dentro do MPD-USA, tem algo a dizer sobre isso e em que sentido estas alegadas mudanças pode beneficiar ou prejudicar o seu partido?
!!!!
P        Sr. Cândido Rodrigues, se ganhar as eleições, como pensa aproximar os seus oponentes sabendo que a divisão possivelmente vai enfraquecer
o MPD-USA na eleição do ano 2016?
O partido continuará a fazer o seu trabalho de reaproximação dos militantes. Durante este três anos vários elementos desta candidatura estiveram
ausente e muitos nem votaram no MPD nas últimas legislativas mas conseguimos o nosso objéctivo de eleger um deputado. Agora a nossa luta é
garantir dois deputados na proxima eleição.

P        Da mesma maneira, se o resultado nas urnas forem lhe desfavoráveis, dando o Sr. Alberto Montrond, uma eventual vitória, como vai reagir com a
sua equipa politica para que haja uma coesão no seu partido?

R        Sei que isto não irá acontecer porque todos os militantes de base estão conosco. Não é o barulho e a confusão que ganha as eleições .

P        Para terminar, considerando todos os positivos e negativos destas campanhas, o que é que o Sr Cândido Rodrigues, tem a dizer os militantes
do MPD e da comunidade para que possam ter a confiança de depositar seus votos na sua candidatura e, que sinais vai enviar para a comunidade aqui
nos EUA e em Cabo Verde?

R        O nosso trabalho desenvolvido até este momento é suficiente para convencer aos nossos militantes. ganhamos aonde ninguém esperava e
conseguimos tirar o MPD da vergonha em que se encontrava a mais de 15 anos. A verdade a honestidade e o sentido de responsabilidade vai
continuar a ser a nossa bandeira no MPD.

Muito obrigado por estar disponivel como sempre para a comunidade.
J. F.
www.topicos123.com

Biografia:           
Cândido Rodrigues, deputado nacional de Cabo Verde, representando a comunidade cabo-verdianas nas Americas, é terapêutico-mentor no Instituto
Americano e Latino de Saúde Pública e trabalha com a comunidade portuguesa, cabo-verdiana e espânica na integração social na comunidade
americana nos arredores de Boston, Brockton, Tauton e New-Bedford. Foi professor em Cabo Verde tendo trabalhado como coordenador pedagógico,
director de Escola de EBI em Terra Branca e técnico da Divisão de Estudo e Planeamento na DGAEA.